Classificação: / 4
FracoBom 

Esta técnica também é conhecida como "bracketing" e consiste na possibilidade de tirarmos uma sequência de fotografias com diferentes exposições.

Para que serve isto?!?...

Bem, se repararmos em muitas das fotografias que tiramos em lugares com grande contraste de luz, reparamos que poderiam ter ficado um pouco mais claras ou escuras. Mas a máquina fotográfica como calculou uma exposição intermédia, não ficamos com o objecto correctamente exposto..

Para isso podemos recorrer a esta técnica, mas atenção pois nem todas as máquinas têm possibilidade de o fazer automaticamente, mas também podemos ser nós a criar essas exposições múltiplas.

Nas máquinas que têm a possibilidade de exposições múltiplas podemos escolher geralmente duas exposições alem da fotografia que vamos tirar. Uma fotografia mais escura e outra mais clara, podemos escolher quantos pontos de exposição queremos de diferença da fotografia base.

Primeiro se não sabem se a vossa máquina faz exposições múltiplas ou como fazer, verifiquem no vosso manual da máquina fotográfica por mais instruções de como o fazer. Podem verificar aqui no site na parte de manuais ou caso não exista aqui o manual da vossa máquina fotográfica podem pedir o manual no fórum para ver se o arranjamos.

Vou-vos mostrar como se faz na Canon 550D. (a minha é uma 400D mas os passos são exatamente iguais julgo que seja assim para os outros modelos da mesma gama)

Antes de mais, quando quiserem exposições múltiplas devem escolher devem escolher disparo contínuo, isto para deixarem pressionado o botão de disparo e a máquina tira as três fotografias de seguida, a base, a mais clara e a mais escura. Convém também que a máquina esteja fixa, num tripé em cima de algo pois se vemos tirar três fotos iguais convém que sejam mesmo iguais, qualquer movimento leva à necessidade de correcção das imagens e pode até criar diferentes perspectivas.

Para escolhermos exposições múltiplas, carregamos em Menu, vamos ao segundo separador a contar da esquerda e escolhemos Comp.exp./AEB.

Escolhemos os valores que queremos para a alteração da exposição que neste caso foi de 2 pontos. (este valor é igual tanto para a fotografia com mais exposição como para a de menor exposição)

Canon 550D - Compensação de exposição 
multipla - Menu

Para verificar se está escolhida a exposição múltipla, basta olharmos para o visor e verificarmos que no mostrador da exposição aparecem três pontos em vez de um que é o normal.

Canon 550D - Compensação de exposição 
multipla - Verificar

Depois é só fotografar. Não se esqueça que se não escolheu disparo continuo cada vez que tirar uma fotografia a exposição é diferente até fazer as três exposições. Ou seja, se escolheu multiplas exposições não comesse a tirar outras fotografias sem acabar de tirar as três que concluem a exposição múltipla, pois se resolver tirar uma fotografia a outro objecto este irá ficar com uma menor ou maior exposição pois ainda não tinha finalizado a exposição múltipla anterior.

Numa Nikon D90 (julgo que tambem seja igual para todas as máquinas da mesma gama desta marca) 

O processo é o seguinte, carreguem no botão BKT e rode o disco de controlo principal para seleccionar se deseja duas ou três fotogramas. Isto porque podemos só estar interessados em uma exposição normal e outra exposição maior ou menor e sendo assim não necessitamos das três fotografias.

Podemos escolher três modos

  • 3F - 3 fotos: fotografia normal, fotografia com mais exposição e fotografia com menos exposição.
  • +2F - 2 fotos: fotografia normal e fotografia com mais exposição.
  • -2F - 2 fotos: fotografia normal e fotografia com menos exposição.

Depois de seleccionado o tipo de exposição múltiplo, vamos carregar novamente no BKT e rodamos novamente o controlo principal para escolhermos o valor que queremos para a maior e menor exposição.

Depois é só disparar. Uma das coisas boas é que a máquina avisa que exposição vamos tirar e que estamos em modo de exposição múltipla. Por essa razão é difícil não notarmos que a exposição múltipla ainda não acabou. Seria como isto:

Nikon exposição multipla - Mostador

 

No final independente da máquina fotográfica obteríamos algo como isto.

Exposição múltipla - fotografia com exposição
baixa 

fotografia com menor exposição.

Exposição múltipla - fotografia com exposição
base

fotografia normal.

Exposição múltipla - fotografia com exposição
alta

fotografia com maior exposição.

A diferença de exposição entre elas é de 0.6, quando maior for a diferença de exposição maior é a diferença nas fotografias.

Como podem ver podemos escolher qualquer fotografia, pois todas estão boas mas com exposições diferentes. Se quiserem uma mais dramática escolhemos a mais escura (a que tem menor exposição) pois dá um ar mais dramático à cena. Se uma mais suave, podemos escolher a fotografia base ou a com mais exposição. Também podem dizer que isto pode ser feito por software... Pois pode, mas não é a mesma coisa... Wink

A exposição múltipla também está ligada à fotografia em HDR, que vos vou falar nas próximas mensagens.

 

Até já,

e boas fotos...

Partilhe este artigo

Comentários   

 
# Saavedra 15-06-2011 01:17
va, queremos ver ai uns truques e dicas do HDR
Responder
 
 
# iedalvacst 17-12-2011 16:33
MARAVILHOSO. MUITO OBRIGADA. ,ESTOU APRENDENDO O COMEÇO, E ESTOU ADORANDO,
Responder
 
 
# Dimas Mota 27-05-2013 00:58
Excelente! me ajudou com minha câmera a D 90, bom trabalho, obrigado.
Responder
 

Comentar

Obrigado por deixar o seu comentário. Relembramos que os comentários são moderados por isso não o utilize para fazer spam pois será apagado, gostamos de continuar estas conversas agradáveis. Obrigado por passar aqui!





Código de segurança
Atualizar

< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Últimas fotografias da Comunidade
Exponha as suas fotos na
Galeria de fotos da Comunidade eFotosPT

Ultimas do Fórum

Autenticar