Fotografia – Balanço de brancos personalizado

Nas outras mensagens estivemos a ver o que é o balanço de brancos, nesta mensagem vamos ver como o corrigimos com a opção de correção personalizada Balanco Brancos - Personalizado

Julgo que esta é uma das maneiras mais simples com que podemos corrigir as tonalidades e cores de maneira a que a imagem fique quase perfeita.

O procedimento é bastante simples, só temos que “ensinar” a máquina fotográfica de qual cor da imagem corresponde a “branco”.

Para isso necessitamos nada mais do que algo que seja branco e convém que seja algo que caiba no nosso estojo de fotografia.

Geralmente uso uma folha de papel branco ou algo que encontre no local. Num dos exemplos que vos vou mostrar mais para a frente usei a parte de traz de um caderno, que era de cor branca.

Para efeitos do exemplo vou falar desse equipamento branco como uma folha de papel branco.

O procedimento é muito simples, pegamos no papel e tiramos uma fotografia ao papel branco no mesmo ambiente que desejamos usar para a fotografia. Convém preencher grande parte da fotografia com a folha de papel branca.

Se repararmos nessa fotografia vamos ver que o papel não fica exatamente branco. (é por essa razão que o resto das cores também não ficam corretos).

De seguida vamos ao menu e escolhemos balanço de brancos personalizado.

Balanço de Brancos - Personalizado

(Esta imagem corresponde a uma Canon 550D mas o procedimento é tal e qual como na minha máquina fotográfica e praticamente todos os modelos da marca. )

Vão aparecer as fotografias que temos na máquina fotográfica e escolhemos a fotografia que tiramos ao papel branco. Depois de sairmos do menu escolhemos o  Balanco Brancos - Personalizadono balanço de brancos e já está… é só começarmos a tirar fotografias.

Este balanço de brancos só serve enquanto estivermos a tirar fotografias no mesmo local onde tiramos a fotografia ao papel branco. Se mudarmos de ambiente temos que começar este processo outra vez. Isto porque a luz é diferente em qualquer lado…

Nas máquinas da Nikon tal como li no manual da Nikon D90 é um pouco diferente, mas a teoria é a mesma… Metemos o objeto branco no centro da imagem que queremos fotografar, escolhemos o modo de balanço de brancos e mudamos para a opção PRE até ficar a piscar, carregamos no obturador até ao fim e a máquina fotográfica analisa o balanço de brancos. Uma das coisas boas que li, é a possibilidade de podermos guardar até 4 leituras de balanço de brancos…

Para vos dar uns exemplos da correção do balanço de brancos…

Uma noite estava eu no meu “mini estúdio” (era só um mini candeeiro e uma folha de papel de fundo…) a tentar entender como poderia tirar uma fotografia a um objeto à luz de um candeeiro, mas queria que a fotografia ficasse com as tonalidades o mais próximo da realidade…. e por mais fotografias que tirasse ficavam sempre como a fotografia seguinte…

Teste de Estúdio - Sem balanço de brancos

Nunca conseguia meter o fundo e as letras do objeto como totalmente brancos…. pois na realidade eram brancos… Até que me lembrei de brincar com o balanço de brancos, lembrei-me que tinha lido no manual como configurar o balanço de brancos personalizado…

Então tirei o objeto e fotografei o papel de fundo que é branco… (Não é necessário que o papel preencha a fotografia por completo, basta que preencha uma boa parte do centro da imagem…)

Teste de Estúdio - papel para balanço de brancos

Estão a ver como ficou o papel, nada branco pois não!!

Fui ao menu e meti esta fotografia no balanço de brancos personalizado.

No balanço de brancos escolhi balanço de brancos personalizado.

Depois foi só testar….. e voilá….. aqui está o resultado final…

Teste de Estúdio - com balanço de brancos

Como podem ver não ficou a 100% mas ficou muito mais aproximado da realidade do que as fotografias anteriores. O branco não ficou totalmente branco… ainda tem um tom um pouco azul mas está muito melhor.

Outro exemplo, estava a tirar algumas recordações do nosso trabalho nas eleições presidenciais, mas as caras apareciam um pouco alaranjadas, necessitava de corrigir isto….

RTP - Presidenciais - sem balanço brancos

Usei a parte de traz de um caderno que ali estava, mas ao contrário do que vos disse antes, não fui por ao pé dos objetos… apenas estiquei o mais que pude o braço e tirei a fotografia ao caderno. Pois o ambiente de luz era praticamente igual em todo o lado.

RTP - Presidenciais - papel para balanço brancos

O resultado foi este… As cores e tonalidades ficaram muito melhor….

RTP - Presidenciais - com balanço brancos

Espero ver as aqui as vossas dúvidas e reparos….

Boas fotos.

Acompanhe e partilhe:

20 comentários

Novo Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *